História da AFC

Sem imaginar que chegaria a ser a maior associação de classe da Baixada Santista, nascia a AFC, em 1959, com menos de 60 sócios e sem sede própria.

A primeira sede social foi instalada em São Vicente entre 1967 e 1968, época em que o Coral Cosipa passa a ser administrado pela AFC.

Com a mudança da sede para a Praça Fernandes Pacheco em Santos, aumentaram as atividades esportivas e inaugurou-se a primeira barraca de praia da AFC.

Em 1969 houve a eleição do primeiro Conselho Deliberativo. O Cosipão, que se tornaria tradição na Baixada Santista, foi instituído em 1971.

Entre 1974 e 1980 o número de sócios passou para 3200 e a sede social passou para Av. Washington Luis e foi criada uma subsede em São Paulo.

De 1980 a 1983 a AFC registrou grande desenvolvimento, conquistando 7959 sócios e adquirindo o “Rodrigão”, antigo armazém transformado em Ginásio Sócio-Esportivo Martinho Prado Uchoa.

A AFC HOJE

A AFC é uma associação sem fins lucrativos, que atua como braço social da Usiminas, atendendo, direta ou indiretamente, os mais de cinco mil empregados da Usina de Cubatão.

Com um quadro de mais de sete mil sócios, a AFC conta com quatro unidades de lazer: Centro de Lazer de Santos, Centro de Lazer de São Vicente, Barraca de Praia e Academia da Usina.

Nessa época foram realizadas as primeiras atividades sociais e esportivas

A Associação de Funcionários da Cosipa - AFC foi fundada em 1959. Sua oficialização aconteceu com a inauguração de um salão de recreação na área de alojamento dos operários da empresa.

Foi criada em 1965 com o objetivo de oferecer opções de lazer, esporte, cultura e recreação aos empregados e aposentados da Cosipa.

A primeira sede social em do clube foi instalada em na Rua Constituição, nº 306, em São Vicente. Na época já contava com 5.275 associados.

Em 17 de setembro de 1989 a AFC adquiriu a unidade de São Vicente, localizada na Rua João Francisco Bensdorp, 1449 - Cidade Náutica. Essa unidade conta com 268 mil metros quadrados de área.

A Academia da Usina foi inaugurada em 2001 com o objetivo de proporcionar aos associados da AFC que trabalhem na Usina, a oportunidade de realizarem um bom trabalho de condicionamento físico, antes ou depois da jornada de trabalho. Em 2008 a Academia foi reformada e novos aparelhos foram adquiridos para melhor atender os alunos.

Em 2010 a Associação recebeu o nome de Associação dos Funcionários da Usina de Cubatão - AFC.
Entidade sem fins lucrativos, a AFC atende, direta ou indiretamente, os mais de 5.000 empregados da Usiminas que trabalham na Usina de Cubatão.

Missão

Promoção da melhoria da qualidade de vida, com ênfase em lazer, esporte e atividades sociais e culturais.

Visão

Ser uma referencia em prestação de serviços na promoção da qualidade de vida.